[menos] [des]esperançosa

um dia você olha para o mundo. você está de pé ao lado da janela [observando o céu da cor da televisão sintonizada num canal fora do ar], bebendo uma xícara de chá que veio do outro lado do mundo, ou um copo de água talvez: e então você olha para o mundo. e pela … Continue reading [menos] [des]esperançosa

Advertisements

próprio mar

Tenho medo de mim do que posso me fazer Temo causar meu fim e jamais ver o que quero ver Venho me boicotando há tempos no escuro, de madrugada Me arrebatando com meus próprios ventos e deixando a inutilidade fazer morada Alguém, por favor, mesmo que seja eu me impeça de afogar no meu morto … Continue reading próprio mar